APARENTEMENTE NEM TOMAR sorvete era seguro agora . Alana continuava apontando para o ponto atrás de mim , em que eu SABIA que ele estava.
- Olha !- repetia. - Olha , o Pedro!
- Eu sei , Alana - falei entre dentes.
Segurei a mão dela e fiz com que abaixasse o dedo.
- Mas... eu achava que vocês tinham terminado de maneira civilizada, e fossem amigos.
Ri pelo nariz.
- Alana , minha querida. Deixa eu contar o que REALMENTE aconteceu nequele verão maluco entre eu e ele.

Minha amiga assentiu, supercuriosa para saber a verdade.
-Você se lembra do acampamento que eu fui? Bom de fato o Pedro era a unica pessoa normal. O resto era um bando de esquisitos que uivavam para lua e tal. Não foi nenhuma surpresa ficarmos amigos. Afinal, teríamos que passar um mês inteiro na compainha dos outros loucos , e foi ótimo encontrar uma gota de sanidade naquele mar de maluquice. Pedro e eu éramos um otimo par , faziamos tudo juntos. E... Alana você tem que promete que não vai contar isso pra ninguém. É superconfidencial.
- Eu prometo - sussurrou , os olhos , os olhos arregalados .

Bem , nossas qualidades chamaram a atenção do ... FBI. Eles queriam uma dupla jovens para fazer missões estranhas , e nós éramos o par perfeito.
Combatemos vilões. Restauramos a paz . Heróis silenciosos era como nos chamavam porque ninguém sequer percebia que estava em perigo quando o salvávamos.
O FBI queria muito que continuássemos a trabalhar para eles , mas isso significaria parar de estudar na escola normal . O Pedro disse '' Nem pensar !'' e eu disse que não podia abandonar você.
Depois de muita insistência sem resultados, eles nos deixaram ir... com UMA condição: teríamos que manter o segredo sobre tudo que aconteceu. Eu até falei : '' mas eu conto tudo pra Laninha!'' , mas o chefão do FBI apenas riu de mim.

Alana, essa mentira tem me corrído por dentro. Foi Pedro que inventou , e eu jurava que você não iria acreditar, mas caiu como uma luva.
Aquela semana que saímos depois do acampamento foi pura farsa, amiga. E nós não terminamos porque as aulas complicaram os nossos encontros. Foi porque ele arranjou outra garota , uma garota de verdade , não uma namoradinha de mentira , como eu era.

Então nós brigamos. Eu disse que ele estava estragando o disfarce. Ele disse que eu estava sendo uma chata . O FBI tomou o partido dele e fiquei com cara de tacho . Agora SONHA que eu vou falar de novo com ele.

A Alana me olhava de braços cruzados. Ela não tinha acreditado nadinha na quela história de FBI, agente secreto e disfarces . Ergueu uma sombrancelha.
- O que REALMENTE aconteceu?
Abaixei a cabeça e susprei , derrotada.
- Eu me apaixonei.


                                                          Bom gente gostou?
                                                     dexe nos comentários oque 
                                                            acharam do post.
                                                                x.x.o


3 Comentários